Construtivas
Financeiras
Jurídicas
Construtoras
Fabricantes
Fornecedores
Construtoras
Empresa Homekit
Cadastro catálogo
Anuncie conosco
Apoio ao cliente
Mapa do Site

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Informações Construtivaas

 ELEMENTOS ARQUITETÔNICOS

escadas    saunas    churrasqueiras e fornos à lenha

  LAREIRAS

Se você gosta de curtir um clima aconchegante e romântico ou de reunir a família ou os amigos em torno do fogo naqueles dias mais frios por que não pensa em construir uma bela lareira em sua casa? Além de valorizar o ambiente, as lareiras ajudam a criar novos hábitos, aproximando as pessoas.

tipos de lareiras    dicas técnicas

lareiras pré-fabricadas    salamandras

 TIPOS DE LAREIRAS

São vários os tipos de lareiras que você pode escolher.

Ele deve estar de acordo com o tamanho e o uso do ambiente (sala de estar, sala de jantar, sala íntima, suite, etc) e com o estilo arquitetônico de sua casa

Lareiras bem projetadas elevam a temperatura e reduzem a umidade relativa do ar dando uma sensação de conforto para as pessoas que estão no ambiente.

Fonte: Fireplaces, 10. Creative Homeowner Press. New Jersey, USA.

Lareira com boca reta, de duas frentes e revestida em tijolos cerâmicos refratários.

Para que isto ocorra, cuidados fundamentais devem ser observados:

  • o dimensionamento da lareira deve ser compatível com o dimensionamento do ambiente;

  • o local não deve possuir muita circulação de ar, pois isto impede que o ambiente fique aquecido por igual;

  • no caso de dois ou mais pavimentos, deve-se evitar que o calor suba para o pavimento superior antes de aquecer o inferior;

  • o dimensionamento e posição da chaminé em relação aos ventos deve impedir que haja retorno de fumaça.

Os tipos de lareira variam em função do número de frentes e da forma da boca: reta ou em arco.

A lareira mais comum é de uma frente pode ser: faceada ou semi-faceada na parede, avançada, no canto ou afastada.

A lareira com 2 frentes é mais comumente usada para aquecer dois ambientes. A lareira de 3 frentes é similar à central, normalmente adequada à ambientes mais amplos.

Fonte: Revista Natureza No. 5, ano 14. Editora Europa. Brasil.

Lareira central elevada em alvenaria e tijolos refratários com acabamentos em madeira rústica e coifa metálica aparente. Na parte inferior prevê espaço para armazenar lenha e retirar cinzas.

As lareiras podem variar, ainda, quanto ao modo de aquecimento: à lenha, à gás e elétrico.

O aquecimento à lenha é o mais tradicional e porque não dizer, romântico e trabalhoso. É o menos indicado para centros urbanos, onde a dificuldade de encontrar lenha e armazená-la, pode se tornar um problema.

Fonte: Fireplaces, 12. Creative Homeowner Press. New Jersey, USA.

Lareira de piso, com boca em arco. Possui única frente faceada na parede revestida por tijolos cerâmicos aparentes.

Os aquecimentos à gás ou elétrico são muito práticos e não requerem, necessariamente o uso de chaminés.

Nos dois casos, usa-se colocar uma falsa lenha feita de concreto ou cerâmica para dar um aspecto mais real

No caso do aquecimento elétrico, atenção para sua conta de luz e verifique se esse tipo de instalação foi previsto no seu quadro de luz. 

No caso do aquecimento à gás, não deixe de ventilar um pouco o ambiente, por questão de segurança.

Fonte: Revista Decoração, especial de novembro 2000, 46. Editora Impala. Portugal.

Lareira pré-fabricada aquecida à gás com recuperador de calor. Possui uma única frente avançada com acabamentos em mármore e alvenaria com local para armazenagem de lenha.

As opções de revestimento, tal como da prateleira superior, irão variar com o estilo e podem ser muitas: tijolos aparentes, pintura, madeira, cerâmicas, mármores, granitos, etc. Entretanto, o revestimento das lareiras deve ser feito somente após sua instalação e teste de funcionamento.

 DICAS TÉCNICAS

Uma lareira é dividida em:

  • Depósito de Cinza - Local abaixo do piso da lareira destinado à armazenagem de cinzas. Caso o projeto não contemple um depósito, deve ser prevista um suporte para a lenha, que contribui para ativar a combustão. 

  • Lareira ou Caixa de Fogo - É a parte aparente da lareira, onde o fogo é ateado.

  • Coifa ou Câmera de Fumaça - Espaço intermediário entre a caixa de fogo e a chaminé que serve para captar a fumaça.

  • Chaminé - Conduto que leva a fumaça ao exterior.

O dimensionamento das lareiras está diretamente relacionado com o volume do ambiente a ser aquecido. Para este cálculo você deverá considerar: Se o ambiente for isolado, isto é, sem grandes vãos, a área da lareira deve ser igual a 2% do volume do ambiente. SE o ambiente for aberto, a área da lareira deve ser igual a 4% do volume do ambiente.

Para este cálculo deve-se considerar:

  • L - Largura da frente da boca;

  • H - Altura da frente da boca;

  • F - Largura da parede de fundo;

  • h - Altura da parede de fundo;

  • P - Profundidade da lareira;

  • [(H+h) / 2] x P - Área da lareira.

Fonte: Manual de Pequenas Construções - Alvenaria e Concreto Armado, 292. Baud, Gérard. Editora Hemus. SP, Brasil.

Esquema técnico para fornecimento de dimensões e elementos para construção de lareiras.

 

Para ambientes entre 70 m3 e 130 m3 a largura da frente da boca (L) pode variar entre 60 cm a 1m. As demais dimensões podem ser calculadas em função da largura (L).

H = 0,75 L

F = 0,65 L

h = 0,25 L + 12 (no máximo 40 cm)

P = 0,25 L + 17

Para ambientes entre 130 m3 e 250 m3 a largura da frente da boca (L) pode variar entre 1,00 m a 1,80 m. As demais dimensões podem ser calculadas em função da largura (L).

H = 0,35 L + 40

F = 0,65 L

h = 0,25 L + 12 (no máximo 40 cm)

P = 0,25 L + 17 (no máximo 58 cm)

As coifas em geral são feitas de alvenaria e revestidas com o mesmo material da lareira. Entretanto, coifas de metal, principalmente de cobre, são soluções lindíssimas, porém bem mais caras.

A prateleira ou anteparo na parte superior das lareiras não tem um carácter decorativo. Ele é necessário para que o ar quente seja projetado para frente, aquecendo a altura média do ambiente, ao invés de subir diretamente até o teto. Entretanto, se for muito largo, ele projetará o ar quente para o piso.

As chaminés são elementos importantíssimos no projeto de lareiras. Não se esqueça que a chaminé é um elemento muito marcante na composição externa da casa, devendo estar plenamente integrada e harmoniosa.

Quando a chaminé for de seção poligonal (quadrada, retangular, triangular, etc) a área interna deve ter no mínimo 1/10 da área da boca lareira (L x H), mas nunca menos de 20 cm x 20 cm. Quando a chaminé for circular, a área interna pode ter apenas 1/12 da área da boca da lareira (L x H), mas nunca menos de 25 cm de diâmetro.

A chaminé deve ser o mais reta possível evitando-se desvios que dificultam a retirada do ar.

As chaminés mais comuns são as de alvenaria, mas existem alguns tipos fibrocimento. A vantagem do tubo de fibrocimento é que seu interior não precisa de emendas, logo não apresenta rejuntes de argamassa. Assim, a saída da fumaça se faz mais livremente, além de facilitar sua limpeza.

Qualquer que seja o material usado na confecção de sua chaminé (alvenaria, fibrocimento ou manilha) você deve revesti-la, internamente, com chapas galvanizadas resistente à altas temperaturas, facilitando a passagem de fumaça e limpeza.

Chaminés localizadas em cumieiras devem ter as saídas 40 cm acima do ponto máximo do telhado. As localizadas nas águas do telhado devem ter as saídas 70 cm acima do ponto mais alto do telhado. As chaminés de telhados planos devem ter as saídas 80 cm acima da laje.

As saídas devem privilegiar os ventos dominantes e no caso de colocação de telas, estas nunca devem ser horizontais, para não acumular detritos e depois obstruam a chaminé.

 LAREIRAS PRÉ-FABRICADAS  

Você pode construir a lareira, mas existem kits prontos no mercado, que garantem maior rapidez, economia de tempo e dinheiro, além outras vantagens.

Em geral, as firmas que oferecem os kits, garantem a qualidade e o bom funcionamento da lareira, orientam o comprador e dão apoio técnico permanente. Elas tornam a sua construção mais fácil e mais barata, porque não requerem mão-de-obra especializada e requerem menor tempo de montagem.

Outras vantagens dos kits pré-montados são a segurança da obra, pois os perigos decorrentes da falha de construção são quase nulos, diferente da construção in loco e a economia que você vai fazer, principalmente em relação ao tempo. Uma lareira convencional de alvenaria leva, em média, duas semanas para ser construída, enquanto o kit é montado em um ou dois dias

Mas mesmo com todas essas vantagens tome muito cuidado na hora de adquirir o seu kit. Verifique com atenção o espaço disponível para a construção de sua lareira e o tamanho do kit que está comprando. Procure conciliar o acabamento de sua lareira com a decoração do cômodo. Confira a utilização da coifa e se deverá instalar recuperadores de calor.

Fonte: Lareiras - Decoração Prática Especial, ano 1 No.6. Editora Escala.

Lareira pré-fabricada em ferro fundido e cobre, com aquecimento elétrico e recuperadores de calor. Colocada sobre piso cerâmico.

Ao optar por uma lareira pré-moldada tome cuidado ao instalá-la. Primeiro construa a casa e faça a chaminé. Você poderá danificar o seu kit se montá-lo durante a obra. O kit deve ser uma das últimas peças instaladas na construção de sua casa.

Os kits oferecidos vêm completos, apresentando espaço para a lenha, junção para encaixe, isolante térmico, base da coifa, parte traseira com tijolos refratários, coifa em chapa galvanizada, para diminuir o retorno da fumaça, fundo inclinado, laterais esquerda e direita, base e válvula de regulagem de calorias e diversos tipos de acabamento como madeira, metal, tijolo e pedra e, quando necessário, espaço para a adaptação de retornador de calor (aparelho que permite um melhor aproveitamento do calor da lenha ou do combustível usado).

De um modo geral, as lareiras pré-fabricadas apresentam medidas padrão, mas oferecem algumas opções quanto à forma da boca. A redonda, chamada colonial e a reta, que possui vários tamanhos e pode ser de canto ou de parede.

Modelos

Largura (L) 

Altura (H)

Profundida (P)

Área do ambiente 

Padrão

0,70 a 1,30 m

0,60 a 0,80 m

0,55 a 0,65 m

60 a 230 m2

Com 2 frentes 

0,80 a 1,00 m

0,60 a 0,80 m

0,55 m

60 a 100 m2

Com duas aberturas

0,80 a 1,20 m

0,60 a 0,70 m

0,60 m

P/ 2 ambientes

As lareiras pré-fabricadas de concreto são as mais utilizadas, porque podem ser entregues ao cliente sem acabamento, para receberem o revestimento de acordo com o estilo da construção.

 SALAMANDRAS

As salamandras são um tipo de pequenos fornos. Geralmente são feitos em ferro fundido, mas podem ser encontrados em ferro esmaltado ou ferro com bronze e cobre, os mais bonitos.

Funcionam à lenha, carvão ou gás. O calor fica contido nas paredes da salamandra até aquecer o ambiente. Por esta razão não é aconselhável para grandes ambientes, mas é o suficiente para uma pequena sala ou para um grande quarto.

As salamandras oferecem algumas vantagens: não requerem grandes obras para instalação, bastando uma saída para a chaminé, são economicamente viáveis e não necessitam de grande espaço.

Fonte: Revista Arquitetura & Construção, junho de 2001, 92. Editora Abril. SP, Brasil

Salamandras em ferro fundido com capacidade de aquecimento de 20m2 a 45m2.

A grande preocupação pode ser com as crianças, pois um simples toque pode causar queimaduras. É aconselhável instalar em local de pouca passagem, ou mesmo dificultar seu acesso com a colocação de móveis. 

 

Copyright © 2001 HomeKit Todos os Direitos Reservados.